A Sociedade Columbófila de Macieira nasceu da vontade de um grupo de 14 amantes da columbofilia, em 11 de Setembro de 1961.

António Pais
António Vidal
Carlos Amorim
Edgar Vidal
Zeca Lima
José Magalhães
José Maria Raposo
José Raposo (Bijá)
José Rocha
Júlio Ribeiro
Justino Almeida
Manuel Quintãos
Manuel Rocha
Manuel Soares

Instalações
As actividades desportivas e sociais da colectividade estiveram sempre condicionadas pelo facto de não ter instalações próprias adequadas. Ao longo da sua existência a Sociedade Columbófila de Macieira utilizou diversas instalações cedidas por empréstimo, sempre na Freguesia de Macieira da Maia

Padaria velha do Sr. David (aqui se fez o 1.º encestamento de pombos)
Café da Sr.ª Arlete Marques
Café Zé Maria
Garagem do Sr. Francisco da camioneta
Garagem do Sr. Carlos Ferreira Silva
Anexos da casa da Sr.ª Micas Teixeira, na Rua Nova
Anexos da ex-Escola Primária, na Rua Nova (instalações actuais)

A organização da Columbofilia
O desporto columbófilo é tutelado pela Federação Portuguesa de Columbofilia, que agrega catorze Associações Distritais / Regionais, 763 Clubes e cerca de 18.000 associados.

A Federação Portuguesa de Columbofilia está filiada na Federação Columbófila Internacional (64 países filiados), organismo sediado em Bruxelas, e é membro fundador da Associação Ibero-Latino-Americana de Columbofilia (21 países filiados).

A Federação Portuguesa de Columbofilia organiza anualmente competições internacionais de grande envergadura, nomeadamente Campeonatos do Mundo, Campeonatos da Europa, Torneio das Nações Ibero-Latino-Americanas.

Em termos competitivos Portugal é uma grande potência da Columbofilia a nível mundial.

A Columbofilia é, segundo os dados disponíveis, a segunda modalidade nacional, logo a seguir ao futebol, sendo praticada por pessoas de ambos os sexos, por todos os escalões etários e sócio-profissionais.

A Sociedade Columbófila de Macieira pertence à Associação Columbófila do Distrito do Porto.

A actividade desportiva a nível nacional, a FPC organiza anualmente, em conjunto com as Associações e Colectividades, cerca de 500 provas, nas especialidades de velocidade (150 a 300 Km), meio-fundo (301 a 500 Km), fundo (501 a 800 Km) e grande-fundo (mais de 801 Km), em dois campeonatos:

Campeonato do Columbófilo
Velocidade
Meio-Fundo
Fundo
Grande Fundo
Geral
Campeonato do Pombo
Velocidade
Meio-Fundo
Fundo
Grande Fundo
Geral

O número de provas para cada um dos campeonatos é de 6 no mínimo e 12 no máximo, com excepção do grande fundo que é, em regra, de 2.

A Sociedade Columbófila de Macieira participa, ininterruptamente desde a sua fundação, nas provas organizadas anualmente pela Associação Columbófila do Distrito do Porto.

Os pombos são transportados em camiões com estruturas especialmente adaptadas a este fim.